TEMPO DE
PREPARO:

10

Minutos

SERVE:

1

Pessoa

É SAUDÁVEL ?

Putz.. Pé na Jaca!

Faz um tempo que criei na minha cabeça uma categoria de receitas chamada de “chamegos de mim para mim mesma”. Lá, estão aqueles pratos que se parecem com um abraço apertado, com um recado de que vai ficar tudo bem e que só ficam bons se consumidos no sofá, embaixo da coberta ou compartilhado com alguém que realmente gostamos.

A receita abaixo ganhou lugar nessa categoria faz tempo e é uma singela homenagem a uma pessoa que sou muito fã. A @nandapcarneiro é uma jornalista que trocou a caneta por panelas e virou a musa da confeitaria sem glúten. Foi em um momento muito “crazy” do pós-parto que conheci o seu instagram e dei de cara com o brownie-delícia que ela sempre postava. Não deu outra… fiz uma, duas, três… dez vezes.

Só que em um determinado dia de muita preguiça (e muita vontade do brownie), resolvi adaptar a receita para a frigideira. Deu certo! Tudo bem… não ficou o brownie da Nanda, mas quebrou um galho danado! A grande dica é deixar a massa cozinhar bem apenas de um lado, que funcionará como “a casquinha” do brownie. Do outro lado, deixe-a mais cremosa.

 

VOCÊ VAI PRECISAR DE: 

  • 1 ovo
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco ou de girassol
  • 1 colher de sopa de açúcar demerara (ou de coco ou normal)
  • 1/2 colher de sopa de cacau em pó
  • 1 colher de sopa de chocolate em pó
  • 2 colheres de sopa de farinha de arroz
  • 1 colher de sopa de fécula de batata (ou amido de milho)
  • 1 colher de chá rasa de fermento em pó
  • Opcional: 2 colheres de sopa de nozes picadas e/ou chocolate em gotas

COMO FAZER: 

  1. Passe o ovo pela peneira para eliminar a pele da gema.
  2. Em seguida, acrescente o açúcar e misture muito bem com um garfo.
  3. Acrescente o óleo e continue mexendo.
  4. Misture o chocolate e o cacau em pó.
  5. Em seguida, coloque a farinha de arroz, a fécula e o fermento e misture tudo.
  6. Acrescente as nozes e o chocolate em gotas.
  7. Unte levemente uma frigideira bem pequena e deixe esquentar um pouco no fogo baixo.
  8. Despeje a massa, coloque uma tampa e deixe até ver que as bordas estão levemente cozidas.
  9. Vire a massa com a ajuda de uma pá ou colher. Preste atenção: por aqui, nunca consegui fazer a massa virar lindamente. Ela sempre quebra e o jeito é ir arrumando como der. Isso é a graça da receita, é o que a faz entrar na categoria brigadeiro de panela, sabe?
  10. Sirva na frigideira mesmo, com uma bola de sorvete para acompanhar.

PS: a receita original do brownie está no instagram da Nanda.